Ir para o Portal Estácio

Vocação x carreira: você não precisa escolher apenas um caminho

Escrito por:

Qual a melhor aposta? Trabalhar com algo que faz os olhos brilharem ou seguir carreira em uma área promissora? Para algumas pessoas, o caminho profissional a trilhar está claro, já outras se deparam com esse dilema. A questão é que se trata de uma reflexão importante e que vai orientar suas escolhas no futuro. Para início de conversa, você já se imaginou daqui a alguns anos? A resposta a essa pergunta te ajudará a tomar essa decisão.
Enquanto o conceito de carreiras está mais relacionado às competências, a vocação se refere aos talentos pessoais. O ideal, para uma vida leve e prazerosa, é encontrar uma equação balanceada, afinal, passamos pelo menos um terço do nosso dia nos dedicando ao trabalho. A psicóloga e coach Ana Mansur indica que o primeiro passo para essa decisão é ir atrás do que te encanta. “Depois que você tiver clareza disso, vem a fase de entender qual o ponto de interseção daquilo que faz os seus olhos brilharem com o que você considera uma carreira promissora. Aí então é possível fechar a equação”, afirma Ana.
O autoconhecimento é uma das principais ferramentas que auxiliam a pessoa nas escolhas profissionais. É também um instrumento importante em um processo de coaching, pois é a partir dele que o coach terá insumos para orientar o profissional a tomar uma decisão mais adequada ao seu perfil.
Não tem como pensarmos qual é o caminho mais adequado para nós se não sabemos quem somos. É preciso que a pessoa se conheça, entenda quem ela é, no que é boa, o que é importante para ela e no que tem interesse. Só a partir disso poderemos voltar o olhar para o externo e entender o que é uma carreira promissora para essa pessoa, qual realidade ela está inserida, que tipo de vida ela almeja ter. Assim, podemos entender qual profissão lhe possibilitará unir quem ela realmente é com o que ela espera do seu trabalho. O coaching faz o trabalho de buscar o ponto de interseção entre quem nós somos com a realidade do mercado em que vivemos”, explica Ana. A psicóloga separou algumas dicas para ajudar quem está em busca de um caminho profissional:

Invista em autoconhecimento. É muito difícil tomar qualquer decisão na vida quando não estamos conectados com quem realmente somos;
Entenda o que é uma carreira promissora para você. É dinheiro? Qualidade de vida? Flexibilidade de horários? É poder trabalhar de qualquer lugar do mundo?
Não escolha nada porque está na moda. Moda passa rápido!
Entenda que uma coisa é hobby e, outra, é trabalho. Por mais que você ame o que faz, trabalho é trabalho e nenhum é 100% prazeroso ou divertido. Então, se você estiver pensando em transformar um hobby em trabalho, pense que ele passará a ser uma obrigação e não apenas um prazer;
Não sabe se determinada profissão é para você? Converse com uma pessoa que atue na área, tire suas dúvidas e pergunte sobre o dia a dia. Isso costuma clarificar as ideias.

Quer saber mais sobre o processo de coaching? O Portal IBC traz informações claras sobre como funciona a metodologia.
Você também pode conferir a publicação da Exame com dicas de 15 livros que auxiliam na busca do autoconhecimento. Os exemplares abordam vocação profissional, perspectivas de vida e como identificar seus pontos fortes e fracos. Vale a pena a leitura!