Ir para o Portal Estácio
Voltar

Blog

faculdade Gestão de Recursos Humanos

Tudo sobre o curso de Gestão de Recursos Humanos

Escrito por:

O baixo índice de desemprego verificado na economia brasileira nos últimos anos, reflete a crescente demanda das empresas por profissionais das mais diversas áreas de gestão. Apesar desta constatação, ainda há uma demanda crescente por profissionais mais qualificados.

Dentro deste contexto, existe um grande e crescente espaço para o profissional de Recursos Humanos, cada vez mais requisitados pelas organizações, especialmente pelo novo perfil profissional para atender as necessidades das mesmas. Essa é a análise do Guia Salarial 2013 elaborado pela Hays em parceria com o Insper Instituto de Ensino e Pesquisa.

Além de recrutar, reter e desenvolver pessoas, hoje o profissional de RH precisa ter um pensamento global e estratégico visando ajudar a companhia a bater as metas pré-estabelecidas pela Direção. Além disso, há todo um planejamento de RH para o desenvolvimento e treinamento dos colaboradores.  Visando um trabalho de qualidade, esse profissional, além de uma sólida formação, deve ter um conhecimento geral da área de negócios e o domínio de pelo menos uma língua estrangeira.

Assim sendo, torna-se premente que o Setor de Recursos Humanos seja composto por profissionais capacitados para atender a esses desafios e que, principalmente, passe a funcionar como parte estratégica na consolidação da perenidade organizacional.

De acordo com o ultimo censo desenvolvido no Brasil, foram  detectados  4 milhões e meio de empresas no Brasil onde se encontra um ocupação de 1 milhão e meio de profissionais de RH. Apesar disso,  ainda existe  um  déficit  3 milhões de pessoas.  A pesquisa revela  ainda que  cada empresa,  necessita  de pelos  menos  3 profissionais da área de RH,  o que demonstra um  cenário  favorável ao profissional de RH .

Portanto, há uma demanda não atendida para este profissional e àqueles que perceberem este nicho de mercado, devem buscar pelo Curso Superior Tecnológico em Gestão de RH.

A tríade de sustentação para uma Graduação direcionada e específica deve revelar:

1) Qualidade Docente (professores atuantes no mercado organizacional);

2) Aplicabilidade do conteúdo (temas contextuais e atualizados – passíveis de utilização imediata pelo aluno em sua rotina de trabalho – distribuídos dentro de uma perfeita estrutura curricular); e,

3) Menor tempo de formação (preservando a qualidade da Graduação, através de 26 disciplinas específicas do mundo do RH).

O curso:

O Tecnólogo em Gestão de Recursos Humanos tem duração de 2 anos com carga horária em torno de 400 horas por semestre totalizando 1712  nas modalidades presencial e EAD, ou em 3 anos com carga horária aproximada de 300 horas por semestre na modalidade EAD. Nos dois primeiros semestres o discente tem em sua grade curricular as disciplinas de Recrutamento e Seleção, e Treinamento e Desenvolvimento, concedendo o conhecimento específico necessário para que ele já possa ingressar em um estágio ou emprego.

 O tecnólogo em Gestão de Recursos Humanos oferece o discente o aprendizado com a utilização do software da Nasajon Sistema em nossos laboratórios.  O discente pode ser associado com desconto  da ABRH/RJ e da GRUPISA  e ter  descontos nos eventos da ABRH/RJ e GUPISA. A parceria da Universidade Estácio de Sá  com essas empresas e entidades tem como propósito formar  profissionais  mais alinhado ao mercado de trabalho com desenvolvidade de empregabilidade. O curso não exige a realização de estágio obrigatório nem de monografia ou TCC para a conclusão do curso. Contudo é de extrema importância para o futuro do profissional de Recursos Humanos obter um estágio para adquirir a experiência profissional tão exigida nas oportunidades de emprego.

Perfil Profissional:

Atuar em Recursos Humanos exige mais do que habilidade de lidar com pessoas. É preciso visão ampla de negócios, pensamento estratégico e capacidade de liderança.

Ser um profissional de recursos humanos hoje em dia é uma tarefa cada vez mais complexa. Se antes era necessário apenas conhecer os processos burocráticos, como folha de pagamento e recrutamento e seleção, atualmente é preciso dominar a linguagem dos negócios, pensar adiante e atuar em parceria com as lideranças da empresa.

Mercado de Trabalho:

As vagas mais ofertadas são para o cargo de Analista de Recursos Humanos, com remuneração média inicial de R$2.782,00. *

Estágios e Trainee:

Por se tratar de um curso de curta duração, o ideal é o discente buscar um estágio já no primeiro período e estagiar em mais de um local no decorrer do curso, a fim de descobrir em qual subárea de RH deseja seguir carreira. Após formado ele está apto a participar dos programas de trainee das empresas.

Atividades do profissional de RH depois de formado:

O RH em cada empresa possui um papel relevante, torna-se responsável por uma série de atividades e processos, que, se for resumir em uma frase, todos eles procuram fazer com que as pessoas alcancem as metas e objetivos propostos através de um tipo de comportamento, atitudes ou cultura.

Sendo assim, na maioria das empresas, o RH cuida dos processos que selecionam, treinam, desenvolvem e remuneram as pessoas, tais como:

A) Recrutamento e Seleção: realiza todo o processo seletivo da empresa, através de recrutamento em sites e jornais, triagem de currículos, dinâmicas de grupo e entrevistas;

B) Treinamento e Desenvolvimento: mapeia a empresa identificando os gaps e promove o desenvolvimento através de cursos e palestras;

C) Cargos e Salários: analisa e descreve as atividades de cargos, cria organogramas e realiza pesquisa salarial;

D) Remuneração e Benefícios: realiza a gestão da remuneração do colaborador, como salário mensal, prêmios, gratificações, salário in natura, anuênios, horas extras e dos benefícios, como plano de saúde, vale transporte, entre outros, que somados compõem a remuneração total do trabalhador.

Além disso, o RH auxilia em todas as atividades da empresa que impactam no comportamento e atitude das pessoas: estrutura organizacional, promoção, desligamento, expatriações, impatriações, pagamento de salários, comunicação interna, feedback, liderança, reestruturações, gestão de processos e metas, gestão de projetos e processo de sucessão, como:

E) Gestão de Clima Organizacional: avalia através de ações periódicas, como pesquisa , o ambiente de vida no trabalho para identificar e desenvolver ações para melhoria, e;

F) Comunicação Interna: gerencia os canais internos de comunicação, como intranet e quadro de avisos, publicando artigos referentes a empresa, informando vagas em aberto, entre outros.

Como você pode se aperfeiçoar?

– Cursos de idiomas e pacote Office avançado é comum a todas as subáreas de RH;

– Para a área de Recrutamento e Seleção é indicado cursos de dinâmica de grupo;

– Existem softwares para controle de ponto, folha de pagamento que devem ser pesquisados e estudados pelo discente caso tenha foco nessa subárea;

– Cursos de legislação trabalhista, segurança do trabalho, remuneração e benefícios são um diferencial, independente da subárea escolhida.

Referência:

– Pesquisa Você RH-Deloitte, realizada de abril a maio 2013, com 118 empresas

Produzido por: Mara Braile, Coordenadora Pedagógica Nacional do curso de Gestão de Recursos Humanos.

  • daniela

    Boa tarde
    O curso não exige mesmo o TCC?