Ir para o Portal Estácio
Voltar

Blog

curso de Designer

Tudo sobre o curso de Design

Escrito por:

INTRODUÇÃO

Panorama geral do curso:

O design contemporâneo tem vivenciado constantes mudanças em suas diretrizes com inovações assimiladas pelo sistema cultural em termos de globalização. A informação como matéria-prima possibilita cada vez mais que novos meios sejam utilizados no enfrentamento de projetar produtos e serviços que reflitam a necessidade de um design informativo, compatível, eficiente e responsável. As redes de troca de informação, as marcas transnacionais, o sentido de urgência e funcionalidade da vida moderna, a efervescência da indústria cultural, o controle social no uso de bens e serviços, são fatores definidores na configuração do ambiente atual do design.

Anteriormente conhecido como Desenho Industrial, o curso de bacharelado em Design, da Estácio, recebeu este novo nome em função, também, desta nova concepção. Anteriormente focado na programação visual ou no design de produto, o bacharelado Design objetiva formar profissionais generalistas e, ao mesmo tempo, especializados, empreendedores, reflexivos, analíticos e críticos, com sólida formação humanista, e capacidade de criação, desenvolvimento e execução de projetos e de sistemas envolvendo problemas reais do ser humano e das culturas sociais.

Após os 8 semestres de duração do curso, o profissional da área de Design estará apto a atuar na ideação, desenvolvimento e execução de projetos e de sistemas que envolvam informações. Para tanto deverá potencializar o conhecimento e o domínio de produtos e materiais, relevando aspectos históricos, culturais e tecnológicos de regiões produtivas, ou com potencial de. Deve se sentir seguro na elaboração de novos produtos e/ou serviços e/ou adequação dos já existentes aos novos paradigmas sociais, tecnológicos e de consumo/usabilidade. Deverá ser capaz de interagir com especialistas de outras áreas, utilizando conhecimentos diversos e atuando em equipes interdisciplinares na elaboração e na execução de pesquisas e projetos. Como mediador e intérprete de informações poderá coordenar e supervisionar equipes de trabalho. E em toda sua atuação deverá considerar a ética, a segurança e as questões sócio-ambientais como pilares básicos de sua profissão.

A graduação em Design na Estácio forma um profissional vocacionado para o empreendedorismo e com conhecimento sólido que lhe permite associar a teoria com a prática. Em outras palavras, permite que este designer seja um profissional multidisciplinar, multifuncional e com amplo domínio da gestão e produção de bens e serviços para o mercado; apto a compreender a dimensão conceitual dos discursos em design e suas funções na constituição das relações de sociabilidade contemporâneas.

Por fim, um designer apto a atuar como profissional autônomo, gerindo seu próprio negócio ou prestando consultoria.

Quais cargos/carreiras são elegíveis à formação do curso:

Ele poderá assumir cargos de Designer, Programador Visual, Desenhista Industrial, Diretor de Arte, Diretor de Criação, entre outros cargos ligados à área de design e criação.

CURSO:

Logo no primeiro ano do curso os alunos já têm contato com disciplinas específicas do design, pois a     articulação teórico-prática é parte da premissa do curso. O curso não possui obrigatoriedade de estágio, porém, os alunos vivenciam a prática do curso do primeiro ao sexto período por meio do desenvolvimento de projetos, bem como utilizando os laboratórios do curso para a prática das disciplinas. Nos dois últimos semestres, o aluno desenvolverá o trabalho de conclusão de curso.

PERFIL PROFISSIONAL:

Será um profissional capaz de desenvolver soluções criativas em diversos segmentos do design, seja no gráfico, no desenvolvimento de produtos, na área da moda etc., sempre com vistas a atender às necessidades da sociedade.

O graduado em Design deve, no decorrer de sua formação, ter desenvolvido capacidades e habilidades em diversas áreas que lhe assegurem as competências intelectual, estética, técnica, administrativa-organizacional, domínio de gerência de projeto, observando aspectos de qualidade, produtividade, fatores ambientais, financeiros, administrativos e mercadológicos, bem como de recursos humanos, mercadológica, didático-científica, social, comportamental, ética, política.

EXEMPLOS DO QUE O PROFISSIONAL PODE FAZER DEPOIS DE FORMADO:

– Os ambientes de atuação profissional são vários e se diferem muito em cada região do Brasil, e em certos casos até em regiões dentro de estados, dentro disso o campo de atuação dependerá muito da região onde o egresso estará inserido, dentro disso o Curso de Design da Estácio, por mais que enfatize práticas regionais, possibilita a formação dentro do design, de certa forma generalista, dentro disso o bacharel em Design da Estácio deverá ter competências e habilidades:

– Como pesquisador em Instituições de Ensino Superior, empresas e laboratórios de pesquisa científica e tecnológica;

– No âmbito de produção industrial, percebendo o design como ferramenta produtiva. Vivenciando tal ferramenta nas ênfases práticas: em gráficas e editoras; automobilística, eletroeletrônicos, embalagens de produtos, logomarcas, mobiliário, joalheria, calçados, vestuário, entre outras; de acordo com o contexto da unidade em que estudará.

– Em escritórios de design;

– Em empresas de comunicação em geral, sempre na área visual (publicidade, jornalismo, editoras);

– Também pode atuar de forma autônoma, em empresas próprias ou prestando consultoria.

Produzido pela Professora Paola Gil, Coordenadora Nacional do curso de Design.