Ir para o Portal Estácio

Resiliência – Como desenvolver sua adaptabilidade e flexibilidade

Escrito por:

Aquela promoção tão esperada não saiu? Perdeu o estágio? Ainda não conseguiu o primeiro emprego? Essas situações podem acabar frustrando e desmotivando muitos jovens profissionais em busca de reconhecimento e um lugar no mercado de trabalho. Mas, não adianta ficar se lamentando, não é mesmo? A partir do desenvolvimento de algumas habilidades, como a resiliência, é possível extrair, sim, o melhor de cada cenário que se apresenta na vida.

Talvez ainda não seja a hora de ocupar um cargo hierarquicamente mais elevado. Aprimore então os seus conhecimentos, para agarrar a próxima chance que aparecer! Que tal fazer aquele curso que vai fazer toda a diferença no seu currículo? E não deixe de estudar nem de fazer o seu networking.

A resiliência, ou seja, a capacidade de superação e de reação de um indivíduo às adversidades, está sendo cada vez mais exigida no ambiente corporativo. Passar por uma situação difícil sem perder o foco, pode ajudar a lidar com conflitos, estresses, projetos, pressões, demissões, entre outras situações negativas.

“Aprenda a descansar, não a desistir. É preciso ser paciente no início da carreira. Passamos um tempo aprendendo, nos dedicando, para depois colhermos os frutos. Descansar e não desistir me ajudou a me aproximar de meus objetivos. A palavra resiliência vem sendo usada, infelizmente, de um jeito não muito legal, como sinônimo de aceitar tudo”, explica a professora, consultora, doutoranda e instrutora oficial LinkedIn Learning, Flavia Gamonar.

Para ser resiliente é preciso também desenvolver a adaptabilidade e a flexibilidade. Adaptabilidade é saber encarar as mudanças que se apresentam, sem ficar remoendo o porquê de estar acontecendo, é viver as situações e circunstâncias como elas são. Já a flexibilidade é pensar em novas alternativas para alcançar seus objetivos. Se a sua meta não saiu como planejou, é hora de arriscar o plano B, C, D… É ter a sabedoria de, ao invés focar no negativo, pensar prontamente na solução para reverter a situação.

E como fazer isso?

Primeiro, é preciso assumir o controle da situação, identificar e reconhecer como está se sentindo no momento e veja como pode melhorar. Depois, foque no resultado almejado, criando estratégias que vão te levar mais rapidamente ao seu objetivo.